terça-feira, 4 de outubro de 2016

Santa Cruz do Sul - RS

Esta cidade está localizada a 150 km de Porto Alegre. Sua altitude em relação ao nível do mar, é de 73 metros e sua população é de 130,354 habitantes.

 Municípios limítrofes: Candelária, Vera Cruz, Venâncio Aires e Rio Pardo.

O município de  Santa Cruz do Sul, tem origem a partir da antiga colônia de Santa Cruz criada no município de Rio Pardo em 1847, com o intuito de criar uma linha de comunicação com a região dos "Campos de Cima da Serra" através de uma picada ou estrada para atrair o comércio daquela região.

Conta a história que a estrada a ser aberta não deveria ter mais de 18 léguas, mas acabou em 22,5 léguas, então um encarregado do trabalho mandou fincar os marcos de légua em cada légua e um quarto, assim no final fecharia em 18 marcos de légua, malandro ele, né?


A povoação da região começou em 1849 com 12 imigrantes vindos da Alemanha, 11 deles naturais de uma região que hoje pertence a Polônia, a colônia cresceu rapidamente em 10 anos passou de 12 para 2.409 habitantes. Em 1859 a povoação de São João de Santa Cruz foi elevada a condição de freguesia. No dia 31 de março de 1877 foi elevada a categoria de vila e definido os limites do município, deixando de pertencer a Rio Pardo. No dia 28 de setembro de 1878, foi instalada a Câmara Municipal, neste ano o município já contava com 10 mil habitantes.


O cultivo do tabaco para processamento é a principal fonte de renda da região desde os tempos da colônia, por isso as grandes indústrias do tabaco estão presentes na cidade, como podemos ver no pórtico da cidade.
O pórtico é de tijolo a vista, as duas torres imitam fornos, provavelmente em alusão a queima do tabaco. Na torre do lado direito tem o Simbolo da Souza Cruz e no lado esquerdo o simbolo da cidade.

Anualmente no mês de outubro, acontece na cidade a Oktoberfest. Uma festa popular Germânica, que é a segunda maior do Brasil, ficando atrás apenas da de Blumenau/SC. A Oktoberfest também é conhecida como a festa da alegria, ainda não tivemos a oportunidade de participar desta famosa festa, quem sabe este ano.


Parque da Santa Cruz: é um dos principais pontos turísticos da cidade, localizado em uma antiga pedreira chamada de Monte Verde, possui uma área de 12 hectares com enormes paredões, e em um deles está esculpido a imagem de Cristo, e sobre os paredões tem uma enorme cruz que durante a noite fica iluminada e dizem que é possível avistá-la de qualquer ponto da cidade, lá de cima se tem uma bela vista da cidade.


Catedral São João Batista: é uma imponente construção no centro da cidade, é um dos maiores templos da América do Sul em seu estilo. Ela possui 80 metros de comprimento, 38 metros de largura, 26 metros de altura na nave central e suas torres alcançam 82 metros. A construção da igreja começou em 1928 e em 1936 foi entregue ao público mas só em 1977 a obra de fato foi concluída.


Túnel Verde: O centro da cidade realmente é muito bonito na rua Marechal Floriano tem um trecho com mais de 290 arvores plantadas formando um verdadeiro túnel verde.


Mas não é só o centro que é belo o interior do município também abriga belas paisagens, como no Sitio 7 Águas, que é um ótimo lugar para quem quer fugir da correria da cidade, localizado no distrito de Boa Vista, distante cerca de 18 km do centro da cidade.


Fomos muito bem recebidos pelos donos do local, que nos deram toda a assistência na nossa estadia. 
O sítio conta com quadra de futebol 7, quadra de vôlei, churrasqueiras, açudes para pesca e banho, piscinas, restaurante e ainda é banhado pelo Rio Taquari-mirim que é perfeito para um banho em dias de calor. 
No sítio é possível acampar pelo valor de R$15,00 por pessoa e para quem quer um pouco mais de conforto, no local tem algumas casas para alugar que custam R$100,00 a diária.


Nós fomos até a cidade com o intuito de participar do evento Corridas Unimed 2016, e foi isso que fizemos, participamos da modalidade caminhada orientada, o evento é muito bem organizado, todos ganharam camiseta e os que conseguiram completar o percurso ganharam medalha de participação, o ano que vem pretendemos voltar para participar da corrida e quem sabe trazer um troféu para casa.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Dicas do Blog - Corridas Unimed

Já tem programa para o dia 17/04/2016? Não!? Então se liga nesta dica.

No dia 17/04/2016 será realizado o Tradicional Circuito Estadual Unimed, que agora passa a se chamar Corridas Unimed. O evento acontece a quatro anos, organizado pela Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP), com o propósito de promover o bem-estar e incentivar a prática de atividades físicas.
No dia 03/04/2016 o evento aconteceu em Lajeado e no dia 17/04/2016 será em Santa Cruz do Sul que fica a 150km distante de Porto Alegre, na região do Vale do Rio Pardo.


As inscrições vão até o dia 10/04/2016, e você pode se inscrever nas seguintes modalidades, Caminhada Superação, Caminhada Orientada, Corrida Adulto, Corrida Infantojuvenil, Corrida Colaborador e Cooperado.
As inscrições custam 1Kg de alimento não perecível, com exceção da modalidade Corrida Adulto, que custa R$ 35,00 para clientes Unimed e idosos e R$ 45,00 geral, no 2º lote.
A equipe com maior número de participantes em cada evento, receberá um troféu como reconhecimento.

Todos os inscritos receberão uma medalha de participação, além disso ainda haverá troféus e um Kit Corridas Unimed para os três primeiros colocados das provas de corrida no geral, nas categorias masculino e feminino. Também recebem troféus os primeiros colocados em cada faixa etária, dividida de cinco em cinco anos e nestes resultados, os segundos e terceiros lugares recebem medalha especial de premiação.
A equipe com maior número de participantes em cada evento, receberá um troféu como reconhecimento, nós estaremos lá com nosso grupo.

O evento acontecerá com qualquer condição climática.

Veja o cronograma para o circuito.
7h às 8h15min: entrega dos kits a todos participantes;
8h30min: concentração e aquecimento com profissionais do Espaço Viver Bem Unimed;
8h45min: largada da prova Infantojuvenil;
9h05min: aquecimento para largada Corrida Adulta e caminhadas;
9h15min: largada da Prova Adulta, Caminhada Superação e Caminhada Orientada;
10h45min: encerramento da prova e premiação.

Segue o link para inscrição Inscrições.
Se você decidir fazer a caminhada e não tem equipe, na hora da inscrição coloque equipe "Nos caminhos por onde andei", e aumente o nosso grupo, quem sabe juntos ganhamos o troféu de maior equipe.


sábado, 2 de abril de 2016

Santa Maria do Herval- RS

Esse município está localizado a 75 km de Porto Alegre, acesso pela BR 116.

Possui uma população aproximada de 6.500 habitantes e está a 371 metros acima do nível do mar.

Municípios limítrofes: Três Coroas, Nova Hartz, Igrejinha, Gramado e Nova Petrópolis.

A primeira localidade do município, foi o Morro dos Bugres, por volta de 1835 e 1838. O nome da localidade originou-se a partir do sobrenome do primeiro morador da região, Buchermann, ele era de origem alemã, assim como a maioria dos atuais moradores da região.

Por volta de 1844, chegam os primeiros colonos a linha Herval, onde localiza-se hoje, a sede do município.

A maioria da população chama o município de Teewald, palavra do dialeto alemão Hunsrückisch, que significa Herval. Primeiramente o município pertencia a São Leopoldo, depois tornou-se distrito de Dois Irmãos. Alguns integrantes da comissão emancipadora e o primeiro prefeito, não sabiam falar o dialeto Hunsrückisch. Sendo assim acharam conveniente não dar o nome de Teewald, como era conhecido por todos. Então decidiram mudar o nome para Santa Maria do Herval.

O nome é uma homenagem a Santa Maria, padroeira da primeira igreja construída na localidade. A igreja Nossa Senhora Auxiliadora. Também em sua denominação compõe a palavra Herval, pelo fato da região possuir muitos em ervais.

Em 12 de maio de 1988, ocorreu a emancipação administrativa e política do município.

As principais atividades econômicas do município, são: setor coureiro calçadista, agricultura e um frigorífico.

A cidade é um dos 14 municípios, que compõe a Rota Romântica.


A caverna e a cascata dos Bugres, são grandes atrativos da cidade. Essa era uma das diversas cavernas, que os indígenas utilizavam no inverno, para se protegerem do frio e das chuvas. O local é cercado de árvores. É uma vista linda, onde podemos nos refrescar tomando banho em baixo da cascata, brincar com as crianças, ou passar horas e horas admirando a paisagem. Fica bem próximo do centro da cidade, existe placas indicando o lugar. O acesso é gratuito, porém não possui nenhuma infraestrutura, sendo assim devemos levar nossas provisões e cuidar com nosso lixo, para preservar a natureza.



A Cascata do Herval, é um símbolo da cidade, e tem 125 metros de queda, ela fica em uma propriedade da CEEE onde funciona a Usina Hidrelétrica Herval, inaugurada em 1941.
Devido ao perigo e a alguns acidentes que já ocorreram, existem várias placas alertando sobre os riscos de acessar o local. Logo na chegada descendo um barranco já é possível avistar a barragem.




Tem uma escadaria ao lado do cano da usina que leva até uma trilha onde é possível ver a cascata bem de perto, mas realmente é muito perigoso pois os degraus da escada ficam muito escorregadios devido a umidade do local.

Fomos somente até onde nos sentimos seguros não chegamos tão próximos da cascata mas já valeu a pena o barulho da queda da água chega a dar um frio na barriga, também tem uma outra trilha que leva até a beira de um penhasco de onde se tem uma bela vista do vale.


Cascata Linha Marcondes: Para chegar ao local não é muito fácil, pois não tem muitas placas indicando o caminho, mas basicamente a partir do centro de Santa Maria do Herval é só seguir a RS-373 até a localidade de Boa Vista, vai passar por uma igreja, siga em frente até o campo de futebol entre a esquerda e depois a direita.


A cascata fica dentro de uma propriedade particular, o proprietário é o senhor Breno um senhorzinho muito gente boa, quando estivemos lá ele não cobrava nada dos visitantes para acessar a cascata.
Estacione o carro por ali e entre a pé, siga pelo caminho e você vai chegar a parte de cima da cachoeira, onde tem uma casa que é possível alugar se quiser passar a noite a beira da cascata. 
Voltando um pouco do caminho você verá duas trilhas em meio a plantação, que geralmente é de milho, seguindo a esquerda você enfrentará uma trilha de nível médio de mais ou menos 20 minutos e vai chegar até um cenário muito bonito composto por uma cascatinha, pedras e o verde das árvores.



Seguindo a direita, você se depara com uma trilha de nível difícil, pois é bastante íngreme, é quase uma escalada, em uma parte tem até uma corda amarrada a algumas árvores para ajudar a descer e subir, a trilha é em meio a uma mata quase intocada, e quando chegar ao final do caminho você vai conseguir contemplar a cascata de frente, e verá que valeu todo o esforço.



Em maio acontece a Kartoffelfest, um evento tradicional da cidade, este ano é a 1 edição da Festa da Batata, vai ser do dia 06 ao dia 15, sendo que no dia 14 terá a Caminhada as margens do rio Cadeia, é uma bela oportunidade para fazer uma caminhada ao ar livre com belas paisagens e conhecer a cidade.

sexta-feira, 25 de março de 2016

Dicas do Blog - Páscoa

Essa época do ano é época de lembrarmos da crucificação e ressurreição de Cristo, e celebrar com a família o amor, então que tal levar a família para um lugar que tem uma programação toda voltada para esta data, estamos falando sobre Gramado-RS. 

Esta cidade que fica na serra gaúcha e a 115 Km de distância de Porto Alegre, é um destino muito procurado por turistas do Brasil inteiro e também do exterior. 

A cidade fica toda enfeitada com coelhos e ovos e cheirando a chocolate para esperar os turistas, tem muitas fábricas de chocolate que encantam tanto adultos como crianças, e é possível visitar algumas fábricas e degustar os deliciosos chocolates de Gramado.

Além dos muitos parques temáticos espalhados pela cidade também é possivel assistir a espetáculos com encenações artísticas voltadas a parte religiosa desta data.






Gramado tem muitos lugares legais para conhecer, então coloque um agasalho e um calçado confortável, reúna a família e vá visitar a cidade, você não irá se arrepender.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Dicas do Blog: 36ª Caminhos e Trilhas - Picada Café -RS

Se vocês perderam a edição anterior, por algum motivo. Vamos lhe dar mais uma vez, essa dica sensacional.

Outra oportunidade de fazer essa trilha, em meio a natureza exuberante do local e de quebra ajudar as crianças da escola estadual Décio Martins.

Novamente nossa parada, é a cidade dos lírios, Picada Café...

Coloque aquele tênis bem confortável, uma roupa leve, passe protetor solar, prepare a garrafinha de água, limpe o cartão de memória da câmera e prepare-se para o aquecimento.

O município fica a 87 km de Porto Alegre, acesso pela BR 116.

No dia 20/03/2016, no Parque Municipal Jorge Kuhn. Ocorrerá a tradicional Caminhos e Trilhas, que já está em sua 36ª edição. O percurso será de 10 km, por uma trilha considerada de nível médio.

Segue o link para inscrição: inscrições:

O evento conta com uma excelente estrutura, com auxílio da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros.

 No percurso a pontos de hidratação e reposição alimentar.

Nesta edição a caminhada ocorrerá juntamente com a 24ª Kaffeeschneis'fest. Que comemora 24 anos de emancipação do município. As festividades iniciam-se no dia 18, com diversas atrações musicais, gastronomia venda de produtos típicos da região, missa ecumênica, etc.

E o melhor de tudo. Os eventos são totalmente gratuitos.

Nos encontramos lá!!!!!


Três Coroas - RS

Este belo município está situado no Vale do Paranhana e localiza-se a 91 km de Porto Alegre. Possui uma população aproximada de 23.855 habitantes e sua altitude é de 56 metros do nível do mar.


Acesso pela RS 020 e RS 115.

Municípios limítrofes: Taquara, Igrejinha, Canela, Gramado, Santa Maria do Herval e São Francisco de Paula.

Sua história iniciou-se junto com a colonização da colônia de Santa Maria do Mundo Novo, atual Vale do Paranhana, em 1846. Seus colonizadores foram predominantemente Alemães e Italianos. Possuiu diversos nomes, como: Colônia de Santa Maria do Mundo Novo, Santa Maria de Cima, Distrito do Mundo Novo e por fim Três Coroas. Nome que se deu devido a um pinheiro Araucária, com três copas (coroas), que havia no arroio Kampf.

Sua fundação foi no dia 12 de maio de 1959.

É banhado pelo rio Paranhana, que na linguagem Tupi Guarani, significa: rio de águas ligeiras. Pertence a bacia do rio dos Sinos.


A principal atividade econômica do município, é a produção de calçados, possuindo diversas indústrias, que juntas produzem 16 milhões de pares por ano.

A infraestrutura da cidade é excelente, possuindo diversos restaurantes, lancherias, praças, hotéis e pousadas. Os preços são muito atrativos e a qualidade do atendimento é de primeira. Quando vamos na cidade, sempre temos que ir no Xis do Vini. Eles servem a melhor violinha frita, que já comemos.

O rio Paranhana corta a cidade e em suas margens colocaram vários decks, com bancos, lixeiras, formando assim uma área de lazer lindíssima. Um local perfeito, para tomar um mate admirando o rio, o nascer ou o por do sol.

Ponte coberta Armindo Lauffer, que atravessa o rio Paranhana, e está localizada na rua Mundo Novo, bem no centro da cidade. Em 1982, devido a uma grande enchente, teve toda sua estrutura abalada. Em 1999, um vendaval destruiu seu telhado, foi reconstruída em 2002. É uma das poucas pontes cobertas do estado.

Templo Budista: É o maior templo Budista Tibetano, da América do sul. O Centro Budista Khadro Ling, é um lugar místico, possuindo tradições milenares e uma arquitetura diferente do que estamos acostumados a ver.
Independentemente da religião a visita ao local vale a pena, pois é um local de muita paz, para os amantes da meditação o local é perfeito.
A visitação é gratuita para carros de passeio, vans, micro-ônibus e ônibus tem que agendar a visita, o templo fica fechado na segunda e na terça-feira.




Parque das Laranjeiras: O local oferece ótima infraestrutura, além da pousada é possível acampar, tem banheiros, lancheria, restaurante junto a pousada, mini mercado e açougue, churrasqueiras, campo de futebol, quadra de vôlei e diversas atividades de esporte de aventura. Isso sem falar no refrescante banho de rio e a beleza natural do lugar.
Dentro das atividades realizadas no parque nós optamos por fazer a descida de rafting, inclusive contamos como foi a experiencia aqui no blog, mas você tem outras opções de aventura como arvorismo, tirolesa, rapel, paintball entre outras.

Então reúna os amigos escolha uma atividade e vá conhecer Três Coroas, um lugar excelente para passar o dia ou o final de semana com a família e amigos.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Dica do Blog - Salto Ventoso

Sabe aquele dia calor que tu não aguenta ficar em casa mas não sabe para onde ir, temos uma boa dica para ti. Vá se refrescar no Salto Ventoso, o parque fica na Linha Muller distante 12 Km da cidade de Farroupilha-RS que fica a 110 Km de distância de Porto Alegre.


O parque tem uma lancheria, churrasqueiras e banheiros mas sem chuveiros e não é permitido acampar no local, mas vale a pena a visita de um dia para fazer um churrasco com a família ou amigos, pois no parque tem uma linda cascata com 55m de queda em forma de cortina sobre uma gruta. É possível admirar a cascata por trás da queda passando por dentro da gruta e tomar banho em baixo da cascata.

O lugar serviu de cenário para os filmes "O Quatrilho" e "Prova de Coragem" e para a minissérie "Quinto dos Infernos" e também é usado para a pratica de esportes como escalada e rapel.




Na última vez que estivemos lá no dia 09/01/2016 a entrada custava 5 reais por carro, mas o preço será reajustado em março, deixando de ser por veículo e passará a ser por pessoa, ainda não se sabe o valor, então que tal aproveitar este domingo para conhecer esta bela cascata.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Picada Café - RS

Está localizada a 87 km de Porto Alegre. O acesso se da pela BR 116 ( rodovia Getúlio Vargas ), que encontra-se em bom estado de trafegabilidade. Sua altitude é de 106 metros e sua população é de aproximadamente 5.182 habitantes.

Municípios limítrofes: Nova Petrópolis (N), Santa Maria do Herval (L), Morro Reuter (S), Presidente Lucena (SO) e Linha Nova(O)..

É conhecida também, como cidade dos Lírios.


O atual município de Picada Café, é originário de uma picada alemã, de São Leopoldo. O seu povoamento começou em 1844. Existem duas explicações para o nome do município, uma delas de um caminho picada, aberto pelos imigrantes, onde paravam os viajantes tropeiros. A segunda diz que os imigrantes receberam algumas mudas de café e criaram o Kaffeeck ( canto do café , a plantação não prosperou, porém o nome se manteve.

Sua emancipação foi em 20 de março de 1992.

Apesar de ser um município pequeno e jovem. Sua infraestrutura é muito boa, com bons restaurantes, churrascarias, tendas com produtos coloniais, etc. Devido a forte influência da cultura alemã, a cidade possui diversas empresas do ramo coureiro-calçadista. Na cidade encontra-se um dos maiores curtumes do estado, o Curtume Fridolino Ritter e também onde nasceu a marca nacionalmente conhecida Dakota, que atualmente sua matriz está em Nova Petrópolis.

Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn: É o point da cidade, com uma grande área ao ar livre, bosque e um lago. Possui construções centenárias, como um armazém, casas enxainel, açougue, moinho, galpões, etc. No parque também está localizada a biblioteca municipal José Lutzemberguer e o prédio de uma antiga funilaria. Nesse local acontecem os principais eventos da cidade.


Igreja Nossa Senhora da Visitação: É a igreja mais antiga da cidade, construída em 1853. É uma construção bem peculiar, arredondada e com detalhes bem interessantes.

Cascata Joaneta: É uma linda cascata, muito diferente das que já visitamos. Seu fluxo de água é pequeno, porém ela forma um lajeado escorrendo constantemente. A trilha para chegar até ela, não é muito fácil, mas vale muito a pena ir até lá e contemplar sua beleza.


No domingo dia 21/02/2016, participamos da 35ª Caminhos e Trilhas. O evento foi muito bacana. A trilha foi bem puxada, foram 14,5 km de muito esforço e superação. Em todo trajeto fomos brindados com paisagens de cinema, que nos davam o incentivo para continuar. Quase no final do percurso, após uma subida interminável de quase 1 hora. Fomos brindados com um tapete de borboletas, que nos serviu de inspiração final.


Após todo esse esforço, almoçamos e fomos repousar no Camping Prainha. Uma área com churrasqueiras, campo de futebol, muita sombra e água fresca. A entrada é franca, apenas não é permitido entrar com nenhum tipo de bebidas e nem escutar som alto.


Um conjunto de pedras parece formar um paredão, esculpido e cortado pela natureza. Em algumas partes, o rio Cadeia forma uma piscina natural, com águas tranquilas e relaxantes.


Na cidade tem diversos outros pontos turísticos que não tivemos o prazer de conhecer, mas com certeza em uma outra oportunidade voltaremos para conhecer um pouco mais.