quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Nova Roma do Sul - RS

Está localizada a 160 km de Porto Alegre. Possui uma população aproximada de 3.347 habitantes e sua altitude é de 750 metros.

Municípios limítrofes: Antônio Prado, Flores da Cunha, Farroupilha e Nova Pádua.

É considerado um dos municípios mais católicos do Brasil. com quase 100% dos seus habitantes seguindo o catolicismo.

A cidade é cercada pelos rios das Antas e da Prata. Existem diversos vales, muito profundos. Sua colonização teve início em 1880, formada por imigrantes Russos, Suecos e Poloneses. Em 1888 chegam os imigrantes Italianos, que hoje em dia formam a maioria da população.

Durante 1 século foi distrito de Antônio Prado. Seu nome é uma homenagem a capital Italiana. Sua emancipação foi no dia 30 de novembro de 1987 e a primeira administração política, assumiu em 01 de janeiro de 1989.

Indo por Farroupilha pela RS-448 você vai chegar a Ponte de Ferro que liga a cidade de Farroupilha à Nova Roma do Sul, o icio das obras de construção da ponte foram em 1928, e sua inauguração foi em três de outubro de 1930, à tiros de fuzil, sua inauguração estava marcada para o dia 12 do mesmo mês, mas desencadeou a Revolução e 21 caminhões do Exército que estavam indo para São Paulo, encontraram a ponte fechada, então desamarraram as correntes dispararam alguns tiros de fuzil e a ponte foi inaugurada.
Cachoeirão: Passando a ponte se você seguir a esquerda vai para o centro de Nova Roma do Sul nós decidimos entrar a direita em direção ao Cachoeirão, o acesso é por uma estrada de chão, a estradinha cercada de vegetação em alguns trechos forma um belo túnel verde. A estrada estava em boas condições de tráfego quando estivemos lá.


Após rodar aproximadamente uns 8 km na estrada de chão, existe um acesso que te permite chegar com o carro bem perto da margem do rio. E dependendo do nível da água é possível andar sobre as pedras de formação vulcânica, contemplando os belos morros ao redor, que formam a paisagem, ao som do cachoeirão.


Mirante da Usina Castro Alves: Fica a aproximadamente uns 5 km do centro da cidade seguindo pela estrada VRS-314, estrada que leva até a balsa que liga Nova Roma do Sul a Nova Pádua.



Eco Parque: Uma área preservada, ótimo lugar para levar a família. A entrada no parque custa 8 reais por pessoa. Para acampar o custo é de 12 reais, o local também possui uma pousada a partir de 59 reais a diária.
No dia em que estivemos lá estava nublado e até choveu em alguns momentos, então não aproveitamos muito, não fizemos nenhuma das atividades do circuito aventura. A nossa vontade era de fazer o rapel na cascata mas a queda quase não tinha água, então decidimos não fazer. Mesmo assim decidimos fazer a trilha que leva até a parte de baixo da cascata, é uma trilha de nível médio pois é bastante íngreme.



No parque existem alguns animais silvestres em cativeiro. Não podemos nunca alimentar os macacos que ficam sempre no alto de uma arvore bem na entrada do parque, não vou postar foto dos macacos, mas quem for ao parque vai vê-los por lá.

Cobras: Tem duas cobras que são mascotes do parque, uma píton e uma jiboia infelizmente só podemos conhecer a jiboia que se chama Darwin, o sr que cuida do parque, nos disse que ela possui cerca de 7 anos. O animal é tão dócil que podemos pegá-lo na mão, ou colocá-lo no pescoço. Isso aqueles que tiverem coragem.


Aves: Além das duas cobras, eles ainda criam uma arara e um tucano. Duas belas aves, muito bem cuidadas. O tucano emite alguns grasnidos, e é muito curioso e atento a todos os movimentos.



Aqueles que gostam de esportes de aventura, o parque possui diversas atividades. Todas essas atividades são pagas e seus preços variam.

São elas: rafting, bungee jump, rapel na cascata e plataforma, tirolesa, pêndulo, trilhas, cavalgadas, arvorismo, paintball, quadriciclo, kart cross, floating.

Pretendemos voltar nessa cidade, assim que pudermos, pois não conseguimos conhecer todas as suas belezas naturais, quando estivemos lá. Quando voltarmos contaremos aqui.

Um comentário: