quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Picada Café - RS

Está localizada a 87 km de Porto Alegre. O acesso se da pela BR 116 ( rodovia Getúlio Vargas ), que encontra-se em bom estado de trafegabilidade. Sua altitude é de 106 metros e sua população é de aproximadamente 5.182 habitantes.

Municípios limítrofes: Nova Petrópolis (N), Santa Maria do Herval (L), Morro Reuter (S), Presidente Lucena (SO) e Linha Nova(O)..

É conhecida também, como cidade dos Lírios.


O atual município de Picada Café, é originário de uma picada alemã, de São Leopoldo. O seu povoamento começou em 1844. Existem duas explicações para o nome do município, uma delas de um caminho picada, aberto pelos imigrantes, onde paravam os viajantes tropeiros. A segunda diz que os imigrantes receberam algumas mudas de café e criaram o Kaffeeck ( canto do café , a plantação não prosperou, porém o nome se manteve.

Sua emancipação foi em 20 de março de 1992.

Apesar de ser um município pequeno e jovem. Sua infraestrutura é muito boa, com bons restaurantes, churrascarias, tendas com produtos coloniais, etc. Devido a forte influência da cultura alemã, a cidade possui diversas empresas do ramo coureiro-calçadista. Na cidade encontra-se um dos maiores curtumes do estado, o Curtume Fridolino Ritter e também onde nasceu a marca nacionalmente conhecida Dakota, que atualmente sua matriz está em Nova Petrópolis.

Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn: É o point da cidade, com uma grande área ao ar livre, bosque e um lago. Possui construções centenárias, como um armazém, casas enxainel, açougue, moinho, galpões, etc. No parque também está localizada a biblioteca municipal José Lutzemberguer e o prédio de uma antiga funilaria. Nesse local acontecem os principais eventos da cidade.


Igreja Nossa Senhora da Visitação: É a igreja mais antiga da cidade, construída em 1853. É uma construção bem peculiar, arredondada e com detalhes bem interessantes.

Cascata Joaneta: É uma linda cascata, muito diferente das que já visitamos. Seu fluxo de água é pequeno, porém ela forma um lajeado escorrendo constantemente. A trilha para chegar até ela, não é muito fácil, mas vale muito a pena ir até lá e contemplar sua beleza.


No domingo dia 21/02/2016, participamos da 35ª Caminhos e Trilhas. O evento foi muito bacana. A trilha foi bem puxada, foram 14,5 km de muito esforço e superação. Em todo trajeto fomos brindados com paisagens de cinema, que nos davam o incentivo para continuar. Quase no final do percurso, após uma subida interminável de quase 1 hora. Fomos brindados com um tapete de borboletas, que nos serviu de inspiração final.


Após todo esse esforço, almoçamos e fomos repousar no Camping Prainha. Uma área com churrasqueiras, campo de futebol, muita sombra e água fresca. A entrada é franca, apenas não é permitido entrar com nenhum tipo de bebidas e nem escutar som alto.


Um conjunto de pedras parece formar um paredão, esculpido e cortado pela natureza. Em algumas partes, o rio Cadeia forma uma piscina natural, com águas tranquilas e relaxantes.


Na cidade tem diversos outros pontos turísticos que não tivemos o prazer de conhecer, mas com certeza em uma outra oportunidade voltaremos para conhecer um pouco mais.


Um comentário: